domingo, 21 de novembro de 2010

O amor acalma o mar,silencia o vento,traz paz ao coração...


Eu poderia escrever aqui tim por tim tim como sempre,mas tenho mudado um pouco o modo como tenho feito minhas coisas, minhas escolhas..e se faço desse jeito..fica aqui a metáfora do meu finde...coincidência ou não..aceitei o convite..Não convido vcs,,pq acabou..mas se sempre o fim ,,,qdo algo acaba..começa tantas outras coisas..iguais ou não...o que importa é o momento...vamos vivendo..........


CARTAS DE AMOR - ELECTROPOPROCKOPERAMUSICAL

No Espaço Sesc até 21/11(HOJE!).
Experiências estéticas que passeiam por diferentes formas de arte como o teatro, as artes plásticas, a música e o cinema, interagindo em um espetáculo que, mais que contar histórias, busca causar em cada um impressões e sensações a cerca do tema "possibilidades do amor". Composto por sequencias musicais que misturam memória e subjetividade, o espetáculo apresenta indivíduos em busca de estados transcedentes onde a reflexão aponta para o amor pautado pela gerenosidade.


"Cada uma das cenas desperta sensações e impressões singulares na abordagem sobre os desencontros de um casal. As “cartas” do título vieram de uma canção chamada “Casa Vazia”, composta por Flávio Graff, que fala de cartas espalhadas pelo chão de uma casa, fazendo referência a lembranças e memórias. “As cartas de amor são as músicas. Cada música é um poema, é uma carta de amor – isso tem a ver com as relações de acúmulo e sentidos que o trabalho pretende trazer”, complementa.

video

O cara que escreveu significados do amor..."O POETA"

Em cada lugar que eu passo

Vejo os significados do amor

Pra entender em mim

O que eles têm a me propor

O cara que escreveu

Com gentileza

Possibilidades do amor

Riscou paredes

Rabiscou cidades

Rabiscou você

Em cada lugar que eu passo

Vejo a delicadeza do amor

Que ele rabiscou em você

Em cada lugar que eu passo

Vejo os significados do amor

E o que pode ter ficado desse amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário